Univvverrsso Gentileza – o mundo é redondo e o circo arredondado

Baião – a homenagem do circo à Luiz Gonzaga
11 de novembro de 2018
Vida de Artista – a arte de construir o espetáculo
11 de novembro de 2018

José Datrino, o Profeta Gentileza, personagem inscrito na memória popular do país, com suas pregações pelas cidades, tornou-se ícone de uma postura mais humana e gentil em meio à indiferença e à competição desenfreada do mundo contemporâneo. Tomado por uma revelação após o incêndio de um grande circo em Niterói, em 1961, largou tudo que tinha para pregar a gentileza, movimento que assumiu em 35 anos de vida profética (de seus 79 anos).

A atitude profunda de José Datrino (Gentileza) inspirou-nos à realização desse espetáculo e a partir da obra UNIVVVERRSSO GENTILEZA do professor e pesquisador Leonardo Guelman, lançamo-nos no desafio estético de trabalhar sua mensagem na linguagem circense, o que o faz retornar a seu solo primeiro.

Ao relembrar seus ensinamentos e levá-los ao público podemos (em alguma proporção) nos inserir numa perspectiva de uma sociabilidade gentil, como uma disposição que nos leva também a refletir sobre as formas de vida que nos encerram num mundo cotidiano de pequenas disputas, do FAVOR e da OBRIGAÇÃO, do egoísmo contemporâneo, caracterizado na verve do Profeta pela sua denúncia do Capeta-Capital. É para “arejar a mente da humanidade”, alegremente como os cataventos do Profeta, que nos propomos a essa iniciativa, que sugere ao público uma palavra-gesto – PORR GENTILEZA – de abertura de novos sentidos para CRESCER E VIVER.

Direção: Gamba Júnior

Elenco (primeira montagem): Bárbara Moura, Allan David, Aline Figueiredo, Ludmilla Coelho, Henrique Gonçalves, Clayton Cristiano, Rayanna Motta, João Augusto, Daniel Tavares, Djferson Mendes, Rafael Terra, Maicon Luiz e Alcimar Henrique.

Elenco (segunda montagem): Letícia Miranda, Renê Carvalho, Rayanna Motta, Jackson Prado, Tatianna Rivero, Wanderson Duarte, Nina Rodrigues, Mário Flávio, Laura Faleiros, Wasgington Duarte, Natália Lopes, Gilmar Oliveira e Gabriel Jacques (artista convidado)

Anos das montagens: 2008 e 2012