Circo Crescer e Viver irá cadastrar 100 pessoas trans e travestis em vulnerabilidade para receber cartão alimentação

Associação Brasileira de Gestão Cultural impacta vidas e transforma contextos.
6 de maio de 2021
Operador Nacional do Sistema Elétrico chega com tudo no Desafio Solidariedade.
12 de maio de 2021

11| maio | 2021

Mobilizado por uma parceria com a Coordenadoria Executiva da Diversidade Sexual do Rio, o Circo Crescer e Viver irá cadastrar 100 pessoas trans e travestis que estejam em vulnerabilidade social e morem na região central do Rio para receberem um cartão alimentação no valor de R$ 120 por três meses.

A ação acontece no âmbito da Campanha Nosso Território Protegido da Covid-19, uma iniciativa do Circo que assistiu quase 3 mil pessoas no ano passado.

Para receber o cartão, é preciso residir nos bairros do Centro, Cidade Nova, Estácio, Rio Comprido ou Catumbi. As pessoas interessadas devem mandar se comunicar com os perfis da CEDS nas redes sociais (Facebook, Instagram ou Twitter), com nome, endereço e telefone para contato. As orientações para o cadastramento junto ao Circo serão dadas por esses canais.

“O Circo Crescer e Viver atua há bastante tempo em causas sociais e de relevância para a cidade do Rio. Estamos muito contentes com essa parceria, e esperamos que venham muitas outras. Nossa intenção é termos um Rio como todos e todas merecemos”, destacou o coordenador executivo da Diversidade Sexual, Carlos Tufvesson.

“O trabalho da CEDS é uma causa pública, que está acima do Estado e merece o apoio de toda a sociedade, por isso o Circo Crescer e Viver se soma a esta corrente de apoio às pessoas trans que vivem no seu território de atuação comunitária”, afirmou o diretor-presidente do Circo, Junior Perim.

Faça você também parte desse movimento!
Toda ajuda é fundamental nesse desafio humanitário .

CLIQUE AQUI PARA DOAR

Banco Bradesco
Agência 2731
Conta: 15930-1
CNPJ 05.993.591/0002-40 (chave PIX)

#ContraFomeSolidariedade
#NossoTerritorioProtegidoDaCovid19