Circo Crescer e Viver articula pacto pelo desenvolvimento na Cidade Nova

Natal do Circo: colabore com a campanha para levar magia aos lares de crianças e jovens da Cidade Nova
14 de novembro de 2019
Moradores, empresas, organizações sociais e poder público se unem em pacto pelo desenvolvimento da Cidade Nova e adjacências
19 de janeiro de 2020
Quarta, 15 de janeiro de 2020.

Sob a denominação de “Rede Comunidade Acolhedora”, o Circo Crescer e Viver reúne empresas e organizações em diálogo sobre soluções para o bairro Cidade Nova e adjacências

Com 45% das famílias vivendo em situação de extrema pobreza – com renda familiar per capita de R$ 98,00 – a Cidade Nova recebe, nesta quinta-feira dia 16, uma iniciativa inédita no Rio de Janeiro: a criação de um consórcio comunitário reunindo os principais players e moradores da região para debater e buscar minimizar, a situação de vulnerabilidade do entorno.

Empresas e instituições como BR Distribuidora, Cedae, ONS, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, Universidade Estácio de Sá, Petrobras, entre outras, se encontram nesta quinta-feira, dia 16 a convite do Circo Crescer e Viver, que sediará o café da manhã com o propósito de melhorar a qualidade de vida no território da Cidade Nova e adjacências.

“O Circo Crescer e Viver está fazendo este convite à sociedade porque os novos tempos exigem de todos envidar esforços para promover e gerar bem-estar social. Precisamos conversar e compartilhar valores para converter as riquezas da comunidade em forças de desenvolvimento, tendo como foco a melhoria da qualidade de vida do nosso entorno”, conta Junior Perim, diretor-presidente do Circo.

O objetivo deste primeiro encontro, é apresentar um
diagnóstico sócio-territorial da Cidade Nova e estabelecer um pacto entre as partes interessadas. A partir daí é pensar ações, projetos, atividades e intervenções que impactem o desenvolvimento socioeconômico, cultural e ambiental do território; reduzam a distância entre as empresas, negócios, organizações e pessoas na comunidade; apropriem a estrutura e capital intelectual dos negócios para
combater a degradação do território; e criem rotina de colaboração para converter as riquezas comunitárias em forças de desenvolvimento local.

Serviço:

:: Café-Diálogo ::
Rede Comunidade Acolhedora
Data: Quita-feira, 16 de janeiro, às 9h.
Local: Circo Crescer e Viver
– Rua Carmo Neto, 143 – Cidade Nova –

Para mais informações e confirmação de presença escreva para o ZapDoCirco: + 55 21 99337-8272