OPORTUNIDADE PARA MULHERES EMPREENDEDORAS

REUNIÃO DE RESPONSÁVEIS!
7 de dezembro de 2020
::TERÇA TEM:: 2ª Exibição Semanal de Circo Social
14 de dezembro de 2020

08| dezembro | 2020

Mulheres empreendedoras da Cidade Nova, Estácio, Catumbi e Centro do Rio serão contempladas em chamada pública do programa “Vozes do Território

Iniciativa do Circo Crescer e Viver, com apoio do Instituto Unibanco, vai oferecer financiamento não reembolsável de 3 e 5 mil reais a negócios que gerem impacto positivo nas comunidades do seu entorno imediato

Organizações, coletivos e empreendimentos formais e informais, liderados por mulheres e sediados na região central do Rio de Janeiro, serão contemplados pela primeira ação do programa Vozes do Território, idealizado pelo Circo Crescer e Viver, com o objetivo de identificar e fortalecer empreendimentos socioprodutivos da Cidade Nova e adjacências. Nesta primeira chamada, dez iniciativas serão beneficiadas com aportes de R$3 mil ou R$ 5 mil, além de apoio técnico para formalização dos negócios e consultoria em administração, finanças, elaboração de projetos, comunicação e outras áreas. As inscrições podem ser feitas de 8 a 30 de dezembro, na sede do Circo Crescer e Viver (Rua Carmo Neto 143 – Cidade Nova) ou no site crescereviver.org.br. A chamada pública conta com o patrocínio do Instituto Unibanco.

A partir do acúmulo de experiência em ações com foco em transformação social e inclusão, a proposta do Circo Crescer e Viver é constituir um mecanismo de articulação comunitária que inclua empresas, instituições públicas e sociedade civil e que fomente (com investimento de recursos diretos e transferência de tecnologia social) um ciclo de mais prosperidade, empreendedorismo, trabalho e renda. “Nosso propósito com o Vozes do Território é desenvolver um modelo inovador para criar rotinas de colaboração focada em converter riquezas comunitárias em forças de desenvolvimento socioterritorial, buscando fazer do nosso entorno imediato uma comunidade resiliente, vibrante e acolhedora – explica Junior Perim, diretor do Circo Crescer e Viver e idealizador do programa.

Em sua primeira ação, o Vozes do Território vai contemplar dez iniciativas e empreendimentos com sede e atuação comprovada da região da Cidade Nova, Estácio, Catumbi e Centro do Rio de Janeiro e que sejam liderados por mulheres com idade igual ou superior a 18 anos. Não é necessário que a iniciativa seja formalizada, mas é fundamental que gere impacto social positivo na comunidade. A escolha será feita por uma banca composta por colaboradores do Circo Crescer e Viver, instituições e empresas parceiras.

As ações serão apoiadas com duas linhas de financiamento (não reembolsáveis): organizações, grupos e coletivos formais e informais concorrerão a três financiamentos no valor de R$ 5 mil, enquanto pequenos negócios formais e informais (individuais ou coletivos) concorrerão a sete financiamentos no valor de R$ 3 mil. Além do aporte financeiro, os projetos selecionados pelo edital também receberão apoio técnico, mentoria e consultoria para formalização e regularização dos negócios. Administração e finanças, elaboração de projetos, comunicação, monitoramento e avaliação, produção de conhecimento e articulação serão algumas áreas desenvolvidas.

O Circo Crescer e Viver já está em etapa avançada de negociação com uma empresa do setor de energia e, ao longo de 2021, novas chamadas públicas serão lançadas, no âmbito do programa Vozes do Território, com o objetivo de apoiar diferentes experiências produtivas, sociais e culturais, que atuem no intuito de combater a pobreza, promover inclusão sócio produtiva, proteger crianças, adolescentes e idosos, encorajar os jovens, gerar trabalho, renda e empreendedorismo, e desenvolver lideranças, redes e institucionalidades.

CLIQUE AQUI para saber mais e para realizar a inscrição da sua iniciativa ou empreendimento.